Entenda o que é e como identificar os stakeholders definição de um projeto

14 minutos para ler

O ambiente corporativo é marcado pela participação de diversos agentes. Esses interessados são responsáveis pelo sucesso das operações em uma empresa. Diante desse cenário colaborativo, torna-se importante conhecer os stakeholders definição e demais aspectos relevantes na condução de um negócio.

Nesse sentido, é essencial identificar quais são as partes interessadas antes de começar a execução efetiva de um projeto. Afinal, a maioria das ordens e deliberações parte dos stakeholders e, sendo assim, eles são considerados a parte-chave de um programa corporativo.

Quer saber qual é a relevância e impacto dos stakeholders em uma empresa? Neste post, vamos explicar o que são esses agentes em um projeto, qual é o seu papel e qual a importância desses indivíduos para o sucesso dos negócios. Siga a leitura e confira!

O que é um stakeholder?

Os stakeholders são considerados qualquer parte interessada que seja afetada, de alguma forma, pelas decisões e ações de uma empresa. Nesse sentido, eles podem ser qualquer grupo que tenha relevância e valor para os negócios, como os fornecedores, funcionários, acionistas e demais investidores.

Sendo assim, os gestores e líderes de uma empresa passaram a se preocupar com as partes que sofrem os impactos, tanto direta quanto indiretamente, de sua tomada de decisões, e não focando apenas nos fatores lucratividade e resultados. Então, se você é um cliente de uma empresa, uma decisão tomada pode afetar você, logo é considerado um stakeholder.

Desse modo, é importante entender que as ações devem ser tomadas tendo em vista atingir os objetivos e as expectativas dessa categoria.

Qual é a influência dos stakeholders em uma empresa?

Já dissemos que os stakeholders sofrem os impactos das decisões tomadas pela empresa. E o inverso também é verdadeiro, ou seja, as ações e o nível de satisfação desses grupos e organizações também exercem influência direta e indireta sobre os resultados das empresas.

Diante desse cenário interligado, um dos maiores desafios para os gestores e líderes das empresas que apresentam um grande número de stakeholders é identificar o objetivo e as metas comuns entre todos os indivíduos e as empresas que sofrem os impactos do negócio. Desse modo, fica mais fácil promover um desenvolvimento inovador, eficiente e sustentável da empresa.

Nesse sentido, podemos afirmar que os stakeholders promovem um grande desenvolvimento para diversas áreas da empresa, exigindo, porém, que se alinhe os objetivos e as expectativas de todos os interessados que fazem parte dessa categoria. Dessa forma, é possível obter o resultado esperado.

Afinal, como a empresa vai obter o desenvolvimento esperado se os clientes stakeholders não aparentam ter interesse pelo produto e/ou serviço? Sendo assim, se eles não estão devidamente motivados para conquistar um maior crescimento, eles não conseguirão obter a produtividade desejada.

Com isso, toda a empresa sairá perdendo, pois stakeholders e empresa estão conectados diretamente e as ações e o comportamento de um influenciam no do outro. É por isso que há uma grande necessidade de alinhar os objetivos para que se possa guiar a empresa de modo sustentável.

Quais são as diferenças entre os stakeholders internos e stakeholders externos?

Uma empresa apresenta duas modalidades principais de stakeholders — internos e externos. Os stakeholders internos estão inseridos no ambiente corporativo, como é o caso de gestores da empresa, colaboradores e outros acionistas.

Por outro lado, os stakeholders externos atuam fora do universo da empresa, mas exercem uma interação direta com ela. É o caso dos fornecedores, sindicatos, concorrentes, clientes etc. Esses são apenas alguns exemplos, mas existem outros grupos que também estão interligados entre si e são impactados pelo projeto ou empresa.

E como se diferenciam dos shareholders?

Apesar de parecerem, há distinções entre os papéis desempenhados pelos stakeholders e shareholders em uma empresa. O primeiro pode se referir a grupos de interesse relacionados a um projeto, já os shareholders são os acionistas do negócio.

Além disso, outra distinção tem relação aos investimentos feitos na empresa. Os shareholders necessariamente têm parte do capital investido no negócio, enquanto os stakeholders não. Desse modo, é possível que os shareholders estejam mais interessados com relação às tomadas de decisão da empresa, dado que têm recursos financeiros aplicados. Essas são as principais distinções dos conceitos.

Quais são os tipos de stakeholders?

Além da classificação interno ou externo, é possível ter outros tipos de categorias de stakeholders. Em geral, elas dependem do interesse deles. Além disso, podem ser considerados primários e secundários. Os primeiros exercem impactos diretos na empresa, enquanto os últimos têm influência indireta.

Ainda podem ser classificados conforme segue:

  • arbitrário: esse tipo não tem muito impacto no que é decidido dentro de uma companhia e pode ser incluído nos stakeholders secundários;
  • adormecido: tem maior poder de decisão e consegue influenciar no negócio;
  • reivindicador: tem muita urgência em suas decisões e consegue exercer grandes impactos na empresa;
  • dominante: tem legitimidade e também tem poder de decisão para impactar no rumo do negócio;
  • dependente: tem dependência de outros stakeholders para ter algum impacto no que é definido na empresa;

Esses são alguns dos principais tipos de stakeholders existentes em uma empresa. Ao conhecê-los, fica mais fácil fazer a identificação. Abaixo, listamos mais algumas dicas para essa tarefa.

Como mapear e identificar os stakeholders de um projeto?

É possível mapear os stakeholders para um projeto. A partir daí fica mais fácil interagir com esses grupos e criar uma estratégia corporativa mais definida e eficiente. Confira, a seguir, algumas dicas de como identificar esses grupos.

Entenda os interesses de cada stakeholder

Após identificar os stakeholders, o líder da empresa tem a função de pesquisar e entender quais são os interesses deles para o desenvolvimento do projeto e do negócio. Esse é um cuidado importante a ser tomado, pois a existência de interesses diversos pode levar a conflitos que prejudicam o projeto como um todo e pode levar a perdas. Por isso, sabendo com antecedência quais são os interesses de cada grupo, fica mais fácil tomar as decisões mais acertadas.

Assim, por exemplo, um concorrente que pretende tomar as decisões de fazer o lançamento de um produto parecido com aquele que a sua empresa pretendia lançar. Com isso, haveria uma antecipação na oferta do produto ao mercado, o que até mesmo prejudicaria o lançamento do produto pela sua empresa.

Classifique por ordem de importância

A classificação dos stakeholders por ordem de importância ajuda a saber quais têm maior relevância para a empresa e permite desenvolver o plano de ação mais adequado de acordo com o interesse de cada um deles. Da mesma forma, fica mais fácil estabelecer uma interação mais específica e comunicação mais clara e eficiente, que pode trazer mais efeitos para o sucesso do projeto.

Faça brainstorming em conjunto

Organizar algumas sessões de brainstorming ajuda a estimular o surgimento de soluções criativas e promove um diálogo aberto com todos que fazem parte do ambiente corporativo.

Para isso, são feitas abordagens inovadoras com maior engajamento que visam incentivar o compartilhamento de novos pontos de vista, ideias valiosas e insights. Assim, fica mais fácil a tomada de decisões e desenvolver novos projetos, trazendo maior motivação para a equipe.

Além do tradicional brainstorming, também podem ser feitas pesquisas de mercado e benchmarking com as empresas concorrentes para estimular novos entendimentos sobre determinado assunto.

Como realizar uma gestão de stakeholders na empresa?

Para otimizar essa gestão em seu negócio, vale a pena entender como organizar seus processos internos e determinar o papel de cada agente na condução do negócio. Veja, a seguir, quais os principais passos para efetuar uma gestão inteligente.

Identifique os stakeholders

O primeiro passo para criar uma gestão de stakeholders é identificar todos os envolvidos em cada etapa do projeto. Isto inclui clientes, fornecedores, acionistas, funcionários, membros da comunidade, governo, meio ambiente, entre outros que estão ligados de forma direta ou indireta ao projeto.

Compreenda as necessidades dos stakeholders

Posteriormente, é necessário entender as necessidades e expectativas de cada grupo. Nesse momento, vale conhecer os interesses de cada um deles para que a sua gestão seja eficiente em alinhar os objetivos de terceiros com os da corporação.

Estabeleça objetivos e metas

Entender quais são os objetivos e metas é uma parte importante para gerenciar os stakeholders da sua empresa. Nesse sentido, é necessário compreender quais são as necessidades que eles apresentam. Além disso, é relevante que as metas sejam bem estabelecidas, realistas, claras e mensuráveis. Desse modo, você consegue gerenciar de maneira efetiva os stakeholders e, com isso, alcança sucesso nos projetos.

Estabeleça um plano de ação

Definir um plano de ação com etapas detalhadas para que os objetivos possam ser alcançados é fundamental para que sua estratégia seja bem sucedida. Esse plano deve compreender cada etapa dos seus processos e o papel de cada um dos agentes durante a implementação das técnicas escolhidas pela liderança.

Crie e implemente mecanismos de acompanhamento

Após colocar suas estratégias em prática, é hora de monitorar e acompanhar a sua eficiência. Esses mecanismos podem incluir reuniões regulares, relatórios de progresso e métricas que permitam acompanhar o progresso.

Como deu para perceber, entender sobre stakeholders de definição possibilita uma gestão de projetos mais eficiente, pois ajuda a criar um plano mais efetivo e permite saber quais são os objetivos de cada um. Com isso, evita-se o conflito de interesses e o posterior fracasso das ações a serem tomadas.

Entendeu a importância de definir os stakeholders dentro de uma empresa e quer saber mais sobre o mundo corporativo e ter sucesso nos seus projetos? Então, siga nossas páginas no Facebook, Instagram e LinkedIn e fique por dentro das novidades!

ntificar quais são as partes interessadas antes de começar a execução efetiva de um projeto. Afinal, a maioria das ordens e deliberações parte dos stakeholders e, sendo assim, eles são considerados a parte-chave de um programa corporativo.

Quer saber qual é a relevância e impacto dos stakeholders em uma empresa? Neste post, vamos explicar o que são os stakeholders de um projeto, qual é o seu papel e a importância desses indivíduos para o sucesso dos negócios. Então, acompanhe a leitura!

O que é um stakeholder?

Os stakeholders são considerados qualquer parte interessada que seja afetada, de alguma forma, pelas decisões e ações de uma empresa. Nesse sentido, eles podem ser qualquer grupo que tenha relevância e valor para os negócios, como os fornecedores, funcionários, acionistas e demais investidores.

Sendo assim, os gestores e líderes de uma empresa passaram a se preocupar com as partes que sofrem os impactos , tanto direta quanto indiretamente, de sua tomada de decisões, e não focando apenas nos fatores lucratividade e resultados. Então, se você é um cliente de uma empresa, uma decisão tomada pode afetar você, logo é considerado como um stakeholder.

Desse modo, é importante entender que as ações devem ser tomadas tendo em vista a atingir os objetivos e as expectativas dessa categoria.

Qual é a influência dos stakeholders em uma empresa?

Já dissemos que os stakeholders sofrem os impactos das decisões tomadas pela empresa. E o inverso também é verdadeiro, ou seja, as ações e o nível de satisfação desses grupos e organizações também exercem influência direta e indireta sobre os resultados das empresas.

Diante desse cenário interligado, um dos maiores desafios para os gestores e líderes das empresa que apresentam um grande número de stakeholders é identificar o objetivo e as metas comuns entre todos os indivíduos e as empresas que sofrem os impactos do negócio. Desse modo, fica mais fácil promover um desenvolvimento inovador, eficiente e sustentável da empresa.

Nesse sentido, podemos afirmar que os stakeholders promovem um grande desenvolvimento para diversas áreas da empresa, exigindo, porém, que se alinhe os objetivos e as expectativas de todos os interessados que fazem parte dessa categoria. Dessa forma, é possível obter o resultado esperado.

Afinal, como a empresa vai obter o desenvolvimento esperado se os clientes stakeholders não aparentam ter interesse pelo produto e/ou serviço? Sendo assim, se eles não estão devidamente motivados pra conquistar um maior crescimento, eles não conseguirão obter a produtividade desejada.

Com isso, toda a empresa sairá perdendo, pois stakeholders e empresa estão conectados de modo direto e as açōes e o comportamento de um influenciam no do outro. É por isso que há uma grande necessidade de alinhar os objetivos para que se possa guiar a empresa de modo sustentável.

Quais são as diferenças entre os stakeholders internos e stakeholders externos?

Uma empresa apresenta duas modalidades principais de stakeholders — internos e externos. Os stakeholders internos estão inseridos dentro do ambiente corporativo, como é o caso de gestores da empresa, colaboradores e outros acionistas.

Por outro lado, os stakeholders externos atuam fora do universo da empresa, mas exercem uma interação direta com ela. É o caso dos fornecedores, sindicatos, concorrentes, clientes etc. Esses são apenas alguns exemplos, mas existem outros grupos que também estão interligados entre si e são impactados pelo projeto ou empresa.

Como mapear e identificar os stakeholders de um projeto?

É possível mapear os stakeholders para um projeto. A partir daí fica mais fácil interagir com esses grupos e criar uma estratégia corporativa mais definida e eficiente.

Confira, a seguir, algumas dicas de como identificar esses grupos.

Entenda os interesses de cada stakeholder

Após identificar os stakeholders, o líder da empresa tem a função de pesquisar e entender quais são os interesses deles para o desenvolvimento do projeto e do negócio. Esse é um cuidado importante a ser tomado, pois a existência de interesses diversos pode levar a conflitos que prejudicam o projeto como um todo e pode levar a perdas. Por isso, sabendo com antecedência quais são os interesses de cada grupo, fica mais fácil tomar as decisōes mais acertadas.

Assim, por exemplo, um concorrente que pretende tomar as decisões de fazer o lançamento de um produto parecido com aquele que a sua empresa pretendia lançar. Com isso, haveria uma antecipação na oferta do produto ao mercado, o que até mesmo prejudicaria o lançamento do produto pela sua empresa.

Classifique por ordem de importância

A classificação dos stakeholders por ordem de importância ajuda a saber quais têm maior relevância para a empresa e permite desenvolver o plano de ação mais adequado de acordo o interesse de cada um deles. Da mesma forma, fica mais fácil estabelecer uma interação mais específica e comunicação mais clara e eficiente, que pode trazer mais efeitos para o sucesso do projeto.

Faça brainstorming em conjunto

Organizar algumas sessões de brainstorming ajuda a estimular o surgimento de soluções criativas e promove um diálogo aberto com todos que fazem parte do ambiente corporativo.

Para isso, são feitas abordagens inovadoras com maior engajamento que visam incentivar o compartilhamento de novos pontos de vista, ideias valiosas e insights. Assim, fica mais fácil a tomada de decisões e desenvolver novos projetos, trazendo maior motivação para a equipe.

Além do tradicional brainstorming, também podem ser feitas pesquisas de mercado e benchmarking com as empresas concorrentes para estimular novos entendimentos sobre determinado assunto.

Como deu para perceber, a definição de stakeholders possibilita uma gestão de projetos mais eficiente, pois ajuda a criar um plano mais efetivo e permite saber quais são os objetivos de cada um. Com isso, evita-se o conflito de interesses e o posterior fracasso das açōes a serem tomadas.

Entendeu a importância de definir os stakeholders dentro de uma empresa? Quer saber mais sobre o mundo corporativo e ter sucesso nos seus projetos? Então, assine a nossa newsletter e receba nossos próximos conteúdos exclusivos diretamente na sua caixa de e-mails!

Posts relacionados

Deixe um comentário